Novo Peugeot 208

#2020 #Peugeot208 #Indústria #Automotores

A Peugeot do Brasil anunciou o primeiro teaser da nova geração do modelo compacto, o 208, que será produzido na Argentina. O veículo vai ser o primeiro a ser feito sobre a nova plataforma modular do grupo PSA, a CMP – Commom Modular Platform. Segundo o comunicado concedido pela montadora, o modelo contará com um equipamento 3D chamado i-Cockpit, em que fornecerá informações para o motorista, através de imagens em três dimensões. A tecnologia oferece cinco modos de visualização, sendo dois personalizáveis, de acordo com as preferências do condutor.

Destaca-se também, que, as suspensões passaram por adaptações, com cerca de 10 mm de elevação, bem como a calibração dos sistemas. O motor 1.6 EC5 também teve que ser modificado, com novos suportes e novo cárter de óleo.

Já em seu interior, os bancos contam com revestimento Alcantara original na versão de topo, sistema multimídia com Apple, CarPlay e Android Auto e o painel 3D já mencionado. Além de partida por botão, ar condicionado digital e câmbio automático. O carro promete ser o mais moderno de sua categoria.

A versão elétrica do carro será importada da França e vendida como GT-Line. O modelo no Brasil se chamará 208 e-GT e seu lançamento será simultâneo às demais versões.

Volvo supera Audi no primeiro semestre de 2020

#Volvo #Audi #Indústria #Automotores

A Volvo Cars encerrou o primeiro semestre de 2020 à frente da Audi em números de emplacamento. Foram 2.690 unidades emplacadas no período, o que garante o terceiro lugar entre as marcas do segmento premium, ficando atrás somente da BMW (com 4.497 unidades) e Mercedes Benz (3.114).

“Vamos batalhar pela segunda posição no segundo semestre. A diferença que nos separa da Mercedes é semelhante à vantagem que a Audi tinha sobre a Volvo no primeiro semestre do ano passado”, recorda o diretor geral de operações da Volvo Cars, João Oliveira.

O bom desempenho  se deus graças aos utilitários XC40 e XC60, que foram lançados há mais de dois anos no Brasil e o primeiro, recebeu uma opção híbrida logo no início do ano.

 “Em volume, são mesmo estes dois modelos que vão nos ajudar nessa busca pelo segundo lugar”, diz Oliveira.


Apesar de contar com a crise econômica que o país está passando, o diretor da empresa acredita ainda, que o ano irá se encerrar com números positivos. Esse alcance se dá por meio das vendas de carros híbridos e 100% elétricos no país. 

 “A marca vem investindo para apresentar seus produtos eletrificados ao consumidor, instalou quase 300 eletropostos e fez um esforço de comunicação muito grande”, afirma Oliveira. Considerando o mercado total de híbridos no País, a fatia da Volvo é de 14%.