“Como ficará a mobilidade urbana pós covid19?

#Automóveis #Mobilidade #Indústria #Automotores

Em função do isolamento social imposto pela pandemia do covid19, as tendências do futuro foram aceleradas e se tornaram rotina de muitas pessoas. Muitas das inovações e adaptações dizem a respeito à mobilidade urbana. Em função dessa reconfiguração na vida das pessoas, o carro que antes era usado todos os dias para o deslocamento até o trabalho, agora com o home office passou a ser usado 2 a 3 vezes durante a semana, o que leva as famílias repensarem sua necessidade de posse com o automóvel.

Segundo uma pesquisa realizada pela Global Consumer Insights e conduzida pela PwC, revela que, no pré-covid, 47% dos entrevistados diziam comprar em lojas físicas uma vez por semana. Durante o período de “lockdown” no entanto, esta tendência mudou rapidamente, com consumidores visitando lojas físicas com pouca frequência, fazendo refeições e procurando entretenimento em casa. Ainda que a vida possa voltar ao normal, para que as pessoas saiam de casa e voltem a visitar lojas, restaurantes e locais de entretenimento, elas precisam se sentir seguras.

Por isso, locadoras passaram então, a anunciar suas medidas tomadas com relação a higienização e protocolos usados ao servir o cliente e proteger seus funcionários. Esse tema impacta diretamente os provedores de serviços de mobilidade, locadoras e concessionárias.

A pandemia também acelerou a tendência de compras on-line. Mais de 50% dos respondentes da pesquisa disseram que diminuíram suas compras em lojas físicas e em contrapartida, aumentaram significativamente as compras on-line. Cerca de 90% dos respondentes disseram que este é um hábito que pretendem manter no futuro.

Entretanto, em uma outra pesquisa feita na China pela PwC, durante a pandemia, 84% dos entrevistados entendiam que comprar um carro privado será importante após a epidemia para dar a proteção futura necessária. Adicionalmente, 92% dos consumidores responderam que sistemas de purificação do ar serão necessários no futuro e que 70% dos carros deveriam vir equipados com kit de primeiros socorros que incluem máscaras de proteção.

Portanto, tais medidas comportamentais afetam diretamente a mobilidade e o setor automotivo. Você acha que esses hábitos irão permanecer no pós covid?

Deixe sue comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *