Chegada da Proconve L7 E P8 e saída dos carros mais populares do país

2022 começa com a chegada da Proconve L7 e P8, fases finais do Programa de Controle da Poluição do Ar por Veículos Automotores para veículos leves e pesados, respectivamente.

O programa, criado em 1986 pelo Conama com o intuito de promover a conscientização sobre o impacto de automotores na poluição atmosférica, busca impulsionar a pesquisa e desenvolvimento de novas tecnologias que tornem tanto as características técnicas dos combustíveis disponíveis, quanto a engenharia automobilística e a medição de poluentes mais eficazes e sustentáveis.

As crescentes exigências sobre os limites máximos de emissão de poluentes exercem pressão nas montadoras contra a obsolescência dos veículos. Porém, alguns modelos inevitavelmente acabam estrangulados – acaba não valendo a pena para as empresas investir na adequação tecnológica.

Como em 2022 as regras incluem não somente o controle do escapamento, mas também outras fontes de emissão, além de se utilizar de novos parâmetros, as fábricas fizeram altos investimentos para finalizar 2021 dentro dos requisitos, mas também anunciaram o fim de linhas famosas como o Fiat Uno e o Renault Sandero.

Com a crescente estratégia das montadoras de aumentar o ticket médio para equilibrar a balança comercial abalada por conta da crise de semicondutores, a saída da maioria dos carros populares e de versão standart promete turbulências na mobilidade urbana de 2022.

Deixe sue comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *