“Sobe e desce” no setor automotivo testa resiliência da cadeia de fornecedores

Mesmo frente às adversidades dos últimos 2 anos, provenientes dos severos obstáculos sofridos pelo mercado automotivo desde o início da pandemia, a Fupresa seguiu se ajustando às necessidades de seus clientes, seja reduzindo rapidamente a produção devido a cortes de pedidos, seja investindo para suprir a demanda crescente de alguns setores – com destaque para os clientes do segmento de caminhões.

O ano de 2022 começa com alguns pontos de interrogação:

  • Qual será o comportamento das demandas frente à continuidade da falta de insumos que ainda persiste na cadeia automotiva?
  • Como será a evolução e impacto da nova variante Ômicron?
  • Até onde vai a inflação?

Em tempos de instabilidade e imprevisibilidade, é fundamental focar na comunicação e transparência com clientes e fornecedores. Dessa forma, problemas maiores poderão ser evitados ou minimizados.

A indústria não pode parar e a Fupresa segue investindo todos seus esforços para contribuir cada vez mais com o mercado automotivo. Vamos em frente!

Deixe sue comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *